Seja Bem Vindo(a), Boa Madrugada!
Hoje é Quinta-Feira, 21 de Setembro de 2017 *
Templo Umbanda Pai Oxalá

As Sete Lágrimas de um Preto Velho  

 

Num cantinho de um terreiro, sentado num banquinho, pitando o seu cachimbo, um triste preto velho chorava. De seus olhos molhados, esquisitas lágrimas desciam-lhe pelas faces, não sei porque contei-as...foram sete. 

Na incontida vontade de saber, aproximei-me e o interroguei.

Fala meu Preto Velho, diz ao teu filho por que externas assim uma visível dor? 
E ele, suavemente respondeu:


Estás vendo esta multidão que entra e saí? As lágrimas contadas estão distribuídas a cada uma dela. 

A primeira, eu dei a estes indiferentes que aqui vem em busca de distração, para saírem ironizando aquilo que suas mentes ofuscadas não podem conceber... 

A segunda, a esses eternos duvidosos que acreditam desacreditando, na expectativa de um milagre que os façam alcançar aquilo que seus próprios merecimentos negam. 

A terceira, distribui aos maus, aqueles que somente procuram a Umbanda em busca de vingança, desejando prejudicar aos seus semelhantes. 

A quarta, aos frios e calculista que sabem que existe uma força espiritual, e procuram beneficiar-se dela de qualquer forma, e não conhecem a palavra gratidão. 

A quinta, aos que chegam suave, com risos, o elogio na flor dos lábios, mas se olharem bem o seu semblante, verão escrito: "Creio na Umbanda, nos teus caboclos e no teu Zambi, mas somente se vencerem o meu caso ou me curarem disso ou daquilo." 

A sexta, eu dei aos fúteis que vão de centro em centro, não acreditando em nada, buscam aconchegos e conchavos e seus olhos revelam um interesse diferente. 

A sétima, filho, nota como foi grande e como deslizou pesada:

Foi a última lágrima, aquela que vive nos "olhos" de todos os Orixás. Fiz a doação dessas aos médiuns vaidosos, que só aparecem no centro em dia de festa e faltam as doutrinas. Esquecem, que existem tantos irmãos precisando de caridade e tantas criancinhas precisando de amparo material e espiritual. 

Assim, filho meu, foi para esses todos, que vistes cair, uma a uma as sete lágrimas de Preto Velho.

(Poema autor desconhecido)


 

Voltar Página dos Artigos

Voltar Página Inicial

Este artigo foi vizualizado 1233 vezes! - Desde 06/05/2009.



Anuncie ....

Clique no logo Azul e anuncie aqui. 7 dias por semana 24 horas por dia.

Anuncie Aqui....
Sitio da Umabnda


Umbanda....

Anuncie aqui

Anuncie ....
Aumentei este aqui ****....

width 140 pixels X height 70 pixels, saiba como anunciar aqui

ANUNCIE SUA LOJA AQUI
Anuncie aqui ***....

Anuncie aqui

Página Atualizada 18 10 2011.